Conheça mais sobre as tradições trazidas pelos imigrantes alemães

Com mais de 192 anos de presença alemã no sul do Brasil, os imigrantes alemães contribuíram com diversos elementos culturais para a região. Hoje, pessoas de todo o país visitam a região para conhecer de perto essa herança cultural que engloba costumes, música, arquitetura, decoração e festividades.

Relógio Cuco Alemão Chalé Mecanico

Você conhece esse legado tão importante deixado pelos imigrantes alemães? Confira aqui algumas tradições!

As histórias dos Irmãos Grimm

Quem nunca ouviu a história da Cinderela, da Branca de Neve, Chapeuzinho Vermelho ou da Princesa e o Sapo? As histórias que fizeram parte da nossa infância e se transformaram em desenhos, filmes e livros, se popularizando pelos quatro cantos do mundo, tiveram origem na Alemanha com os escritores Jacob e Wilhelm Grimm. Conhecidos como os Irmãos Grimm, eles foram os criadores e também coletores de contos e fábulas locais. E com a imigração dos alemães pelo mundo, inclusive para o Brasil, tivemos acesso a essa incrível bagagem cultural e literária dos dois autores.

Cinderela Com Jaq E Tatá  Branca De Neve Com Passarinho 

A popular Oktoberfest

Originalmente celebrada em Munique, a Oktoberfest é um dos legados mais fortes da presença germânica no sul do país. E engana-se quem pensa que o festival é apenas sobre cerveja. Gastronomia e música andam lado a lado nas comemorações que ocorrem em Blumenau (SC), Igrejinha (RS) e Londrina (PR) entre outras cidades da região. Uma festa que comemora a cultura do povo alemão e oferece um clima acolhedor para toda a família. Quem já participou do evento não pensa duas vezes e garante: é a melhor festa do mundo!

Mickey Na Alemanha

 

Técnica de Pintura Bauer

Além das celebrações e dos contos, os imigrantes alemães nos trouxeram outra grande tradição germânica: a pintura alemã Bauernmalerei (ou apenas Bauer). A técnica de pintura camponesa foi inventada pelos agricultores que buscavam dar cor aos seu móveis velhos, renovando-os com detalhes decorativos. Ela é usada em madeiras, aplicando a pintura com o uso de um estêncil, por meio do qual se faz o desenho.

Miniatura Com Pinturas Em Estilo Bauer

Algodão que imita neve

Que o Natal é celebrado durante o inverno europeu no hemisfério norte, isso todo mundo já sabe, não é mesmo? Os alemães estão acostumados com o ápice das baixas temperaturas e, claro, com a presença da neve. Mas, com a imigração para o Brasil isso mudou. E para dar um toque na celebração dessa data especial, eles improvisaram no principal símbolo natalino: a árvore de Natal, colocando algodão nos pinheiros para imitar a neve.

Árvore De Natal Pinheiro Alemão 150cm

Imigrantes alemães e a polonese

Não podemos falar de celebração, festas e diversão sem citar a polonese que está presente em eventos como a Oktoberfest, por exemplo. Nas cidades do sul onde houve um grande fluxo de imigrantes alemães a dança foi incorporada aos costumes locais e preservada até hoje. Relativamente lenta, a polonese costuma abrir bailes. É comum ser tocada uma valsa para sinalizar o início da festa.

Banner cucos

Gostou da nossa lista de tradições trazidas pelos imigrantes alemães? Com a influência alemã no sul do país, a mistura de culturas resultou em um legado que engloba culinária, música, pintura, eventos e muito mais. Você conhece outras vertentes dessa herança? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais e mostre aos amigos o que você aprecia!

 
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0