Relógio Cuco: história e tradição

O primeiro Relógio Cuco original do qual se tem conhecimento foi chamado de Black Forest Cuckoo Clock e foi desenvolvido há quase 300 anos. A história do nascimento não é muito clara, o que se sabe é que um vendedor ambulante chamado Franz Kettler buscava vidros artesanais na Floresta Negra para vender em países estrangeiros como em Böhmen (atualmente República Tcheca).

Acredita-se que alguém, talvez o próprio Senhor Kettler, tenha se encantado por estes produtos e aliado a isso, tenha tido a ideia de substituir uma ferramenta popular na época para controle de tempo, a ampulheta. Assim, construindo o seu próprio (e primeiro) Relógio Cuco, feito com materiais da Floresta Negra, mas concebido em outro local.

Em pouco tempo, os Relógios Cuco ganharam fama e popularidade na Alemanha e cada cidadão passou a desejar ter o seu próprio exemplar. Como nessa época nevava muito durante os invernos, os habitantes locais tiveram tempo de sobra para desenvolver seus próprios Relógios Cuco artesanalmente. Com isso, apareceu uma variedade rica de estilos e esculturas. Há registros que relatam que chegou a haver competição entre os moradores locais para ver quem criava o relógio mais original e bonito.

Na região da Floresta Negra, normalmente quando um fazendeiro falecia, deixava de herança a propriedade para seu filho mais velho e aos menores, cabia somente um pequeno pedaço de terra. Eles eram chamados de “Häuslers” e comumente buscavam outras formas de conseguir dinheiro e produzir de Relógios Cuco foi uma alternativa. Em 1690 já havia toda uma indústria voltada ao negócio na alta Floresta Negra, formada principalmente por esses pequenos donos de terras.

Foi em 1738 que Franz Ketterer da vila de Schönwald construiu um cuco para o seu relógio e inseriu o som do pássaro. A forma de fazer o áudio continua a mesma até hoje: dois foles enviam ar através de um tubo (semelhante aos antigos órgãos de igreja), gerando assim o canto desejado.

Em 1808 já haviam mais de mil relojoeiros registrados nos distritos de Triberg e Neustadt, sendo que em cada uma, cerca de 10% dos seus habitantes estavam envolvidos no processo direto de criação de Relógios Cuco. Em 1850, o Herzog (Duke) de Baden fundou a primeira escola para ensinar como produzir as peças em Furtwangen, lá se ensinava matemática, desenho e o que mais fosse interessante para o processo.

O tipo especial de relógios cuco denominado “Bahnhäusle”, é esculpido como se fosse videiras silvestres e foi criado a partir da inspiração de construções feitas pelos italianos que trabalharam na construção da estrada de ferro, que cortava a Black Forest, em cerca de 1860.

Desde então a indústria dos Relógios Cuco vem se aperfeiçoando com equipamentos modernos e maquinário sofisticado porém, as esculturas na madeira continuam sendo feitas a mão, assim como eram séculos atrás. E apesar de haverem novos padrões e desenhos, ainda são utilizados e usados como base, estruturas dos primeiros modelos. É certamente um produto de impacto, que atravessa gerações.

Gostou de saber mais sobre a história dos Relógios Cucos? Então assine nossa newsletter e saiba sempre em primeira mão mais curiosidades como essa!

 

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0

2 Comentários

  1. Eliane Alves Ribeirosays:

    Parabéns! A estrutura do texto é clara e objetiva. Também proporciona ao leitor credibilidade ao citar que alguns fatos não posuem certeza de um local específico. Apresentarei aos meus pequenos alunos, pois retrata de forma culta e concreta informações as quais eles terão forma e concreticidade do objeto em questão o “RELÓGIO CUCO.”

    • Kukossays:

      Boa tarde Eliane,

      muito obrigada, ficamos muito felizes em saber.
      Atenciosamente
      Christine

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"