Caça ao ninho: saiba mais sobre essa tradição de Páscoa

Páscoa é sinônimo de casa cheia, família reunida em volta da mesa e crianças brincando pelo quintal.

Porém, sabemos que o verdadeiro significado deste feriado não está apenas na celebração da data em si, mas principalmente nos momentos de reflexão que ela nos proporciona — reforçando nossos vínculos familiares e cultivando a solidariedade e o amor ao próximo.

Quem não se lembra com carinho e emoção dos tempos de infância? A confraternização nos feriados como a Páscoa envolvia toda a família e amigos em meio a muitas interações e brincadeiras, como a tradicional caça ao ninho. Quanta nostalgia!

Dica: Ostereier: conheça as tradições da Páscoa na Alemanha

Você deseja repetir esse jogo com seus filhos e sobrinhos? Daremos um passo a passo completo de como montar a caça ao ninho perfeita. Continue nos acompanhando e saiba mais! 

Defina o formato do jogo

A brincadeira costuma ser feita em formato de pistas ou mapas, ambos como uma caça ao tesouro. O objetivo é encontrar os prêmios escondidos ao longo do caminho e, quem sabe, um grande prêmio final!

No caso da primeira opção, basta preparar os enigmas que, de um em um, vão levando aos esconderijos. Você pode elaborar as pistas conforme os hábitos da sua família.

Por exemplo: esconda algum prêmio no armário da dispensa e dê a seguinte pista: local onde a mamãe guarda os ingredientes para o lanche da escola. Não vai ter erro!

Na segunda opção, ideal para crianças maiores, elas recebem um mapa do local onde será feita a brincadeira e precisam interpretar o desenho para chegar às premiações.

Além dos desenhos com a sinalização dos prêmios, esse mapa também pode conter pistas ou personagens para auxiliar no caminho. É super divertido!

Clique no banner abaixo e confira nossa linha de personagens da Disney feitas pelo artista  Jim Shore!

Escolha os prêmios

Como estamos falando de Páscoa, nada melhor do que presentear as crianças com chocolates, não é?

Você pode escolher desde bombons e demais guloseimas a ovos de tamanhos variados — que vão ficando maiores conforme a dificuldade do enigma ou do caminho do mapa.

Outra boa dica é colocar prêmios iguais em todos os esconderijos, separando uma premiação maior, como um ovo especial, apenas para o último enigma.

Ao longo da brincadeira, você pode também utilizar o famoso recurso do “Está quente! Está morno! Está frio!” para guiar os pequenos. Certamente a brincadeira ficará ainda mais interessante. 

Decore o ambiente

Aqui vale tudo. Por isso, abuse da criatividade na sua decoração de Páscoa!

Você pode criar ovos artesanais, desenhar rastros de coelho pelo chão e espalhar cenouras pela casa — que podem ou não levar aos prêmios. Colocar alguns ovos “falsos” pelo caminho também vai garantir boas risadas!

Entregue os convites

Com a brincadeira já esquematizada, entregue aos participantes os convites da caça ao ninho na véspera do feriado, incentivando a curiosidade das crianças.

Defina com exatidão o número de participantes da caça, como filhos, primos e amigos. Pense também na quantidade ideal de prêmios, para que ninguém fique sem presente!

Para evitar esse risco, outra sugestão é definir a premiação por cores, de modo que cada criança ficaria responsável por encontrar os ovos de embalagem azul, vermelho, ou amarelo, por exemplo.

Dica: 5 curiosidades sobre a história da Oktoberfest no Brasil

Agora que você já sabe como montar a caça ao ninho perfeita, é só usar sua criatividade para escolher esconderijos estratégicos e criar os melhores enigmas para a descoberta. Desse jeito, até quem não acredita em Coelhinho da Páscoa vai querer entrar na brincadeira!

E aí, tem mais ideias para a caça ao ninho? Então conte para a gente nos comentários!

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0