AMS: tradição aliada à modernidade

Uma história que teve início na Alemanha em meados do século XIX e que, geração após geração, tem preservado o seu legado. Essa é a AMS Uhren, uma das marcas de maior tradição no mundo todo na fabricação dos famosos carrilhões.

Localizada em Schönenbach, nas proximidades de Furtwangen, a empresa familiar emprega nos dias atuais não mais do que 20 pessoas. Pode-se citar entre esses os especialistas na produção das obras comercializadas, bem como por profissionais capacitados no tratamento das superfícies de metal e de madeira e, ainda, em metalurgia.

Com a preocupação de entregar muito mais do que simples relógios, e apresentando verdadeiras obras de arte no que diz respeito ao setor, a AMS prioriza sempre o estilo e a elegância. Atuando em um mercado extremamente competitivo e entregando produtos que prezam pela máxima qualidade e pela precisão, seus detalhes  exclusivos fazem toda a diferença.

Isso porque a marca utiliza de materiais nobres na produção dos seus artigos. Nesse sentido, pode-se destacar o uso de madeiras da nogueira e da cerejeira, que garantem um produto mais bonito e com acabamento diferenciado e contemporâneo.

Cuidadosamente projetados até o último detalhe e com desenhos talhados nas madeiras preciosas, cada modelo de relógio é criado e pensado para os clientes mais exigentes, tornando-se um artigo de extremo valor sentimental. 

E não é somente na aparência externa que os relógios merecem destaque. O interior recebe total atenção, uma vez que ele é crucial para a durabilidade e eficiência do produto. Atuando com um mecanismo que permite o mais alto desempenho e com cálculos precisos, cada movimento dos pêndulos remete a uma atmosfera de tranquilidade, com batidas em completa harmonia com o ambiente inserido.

Portanto, se o seu objetivo é buscar a união do contemporâneo com o moderno, a AMS tem o produto certo para você. Respondendo com flexibilidade e de forma rápida aos desejos de seus clientes, a marca permite registrar a individualidade de cada pessoa em seus relógios.

E se você acha que tanta tecnologia está longe da sua realidade, você está enganado. Isso porque, no Brasil, a loja Kukos é a parceira oficial da fabricante, com distribuição para o mercado nacional.

Com lojas nas cidades de Gramado e Nova Petrópolis, na Serra Gaúcha, os modelos podem ser adquiridos com muita facilidade e com muita qualidade. Basta conferir todos os modelos de pertinho para se apaixonar ainda mais.

Como usar um Relógio Carrilhão Pedestal na sua decoração

Você já imaginou este clássico relógio em sua casa? Um belo relógio carrilhão pedestal combina com vários tipos de decoração, valorizando e trazendo requinte ao local, e ainda com a agradável e inconfundível melodia da Abadia de Westminster –  que abriga o famoso relógio Big Ben.

Confira algumas sugestões:

1. Escadas

2. Sala de Estar e Escritório

CLOCKS.ROOM

CLOCKS

Na Kukos você encontra a maior variedade de Carrilhões Pedestais do Brasil, com a qualidade dos mecanismos fabricados na Floresta Negra (sul da Alemanha). E todos os nossos modelos podem ser silenciados! Confira em nosso site ou entre em contato com nossa equipe!

 

Relógios de parede: 3 dicas de decoração clássica

Com modelos distintos e acabamentos diferenciados, os relógios de parede podem ser a peça-chave na decoração clássica da sua residência.

Charmosos e únicos, esses objetos podem ser inseridos nos mais diversos cômodos, criando um toque pessoal ao ambiente, seja ele moderno, contemporâneo, rústico ou tradicional.

Quer saber como investir nessa tendência? Confira as 3 dicas que listamos para ajudar você a realçar o estilo clássico do seu lar com muito bom gosto!

1. Local estratégico para o relógio de parede

Se você quer usar o seu relógio de parede como parte da decoração, é importante colocá-lo em um local no qual possa se destacar.

O ideal é uma posição estratégica, em que todos os moradores e seus convidados possam vê-lo. Para tanto, existem alguns macetes simples, como evitar posicioná-lo muito próximo a outras peças decorativas, como quadros, obras de arte, telas etc.

Dica: 4 dicas de objetos de decoração para utilizar em sua sala de estar

O indicado é que o relógio de parede fique em uma zona livre, seja sobre um aparador na sala ou no corredor, por exemplo, ou em uma parede sem nenhum outro item. Dessa forma, você pode caprichar na escolha do modelo!

Outro ponto importante é que a superfície na qual ele ficará seja, preferencialmente, de tonalidade branca ou clara, pois tons fechados podem fazer o relógio passar despercebido à noite, quando a iluminação dos cômodos não conta com a incidência solar.

2. Altura ideal para o posicionamento do relógio de parede

Independentemente do recinto no qual você deseja instalar o relógio de parede, é importante se atentar à altura ideal que o mesmo deve possuir para favorecer sua visualização e não incomodar ninguém por estar muito alto ou muito baixo — o que pode ocasionar dores no pescoço.

Esse detalhe é ainda mais relevante quando o aparelho está na cozinha ou no escritório, pois será observado com mais frequência ao longo do dia. Assim, coloque-o em uma altura a partir de 1,70 m, que é o equivalente à estatura média de uma pessoa em pé.

Dica: Como decorar a casa usando relógios de parede?

Além disso, vale ressaltar que o modelo escolhido deve ser proporcional ao ambiente. Isto é, se o espaço for muito grande o seu tamanho deverá ser maior, nunca o oposto.

3. Combinação do modelo com a decoração clássica

Por fim, mas não menos importante, é uma ótima ideia realçar a decoração clássica do seu lar por meio do seu relógio de parede. Para isso, invista em um modelo exclusivo, que complemente o espaço com elegância e harmonize com as demais peças, acessórios e mobília. Afinal, nesse viés decorativo são os pormenores que encantam os olhos.

Clique no banner abaixo e confira todos os nossos modelos de Relógios Cuco!

banner-ao-meio-de-texto-cuco

Relógios de madeira escura com detalhes em bronze, prata, dourado e cobre, como os de carrilhão de parede e cuco, são uma boa alternativa, pois trazem um toque vintage ao ambiente e realçam as cores predominantes nesse estilo de decoração.

Relógio Carrilhão de Parede Lewis  Relógio Cuco Alemão Clássico 

Clique nas imagens acime e confira os detalhes dos produtos!

É possível deixar a decoração clássica do seu lar ainda mais bela ao investir em um relógio de parede que, muitas vezes, é passado de geração a geração, agregando muito mais personalidade aos espaços.

Agora que você viu como é possível usar os relógios de parede para conseguir uma decoração clássica, que tal entender por que esses objetos se tornaram uma grande tendência? Veja aqui 6 bons motivos para escolher um relógio de parede para a sua casa!

Floresta Negra: lendas e tradições no coração da Alemanha

Alguns lugares do mundo são marcados pela sua história e suas tradições. Devido ao seu misticismo, muitos deles se tornaram cantos praticamente sagrados, tanto para os moradores locais quanto para os turistas que os visitam.

Esse é o caso da Floresta Negra (Schwarzwald, em alemão), que fica ao sudoeste da Alemanha, no estado de Baden-Württemberg. Você sabe qual é a história por trás dessa curiosa região?

Reunimos aqui 3 das mais populares curiosidades que ressaltam a diversidade cultural e de costumes da Floresta Negra. Acompanhe!

1. Irmãos Grimm

Em um primeiro momento, você pode até não lembrar quem são os irmãos Grimm. Mas basta falar dos famosos contos de fada da Chapeuzinho Vermelho, de João e Maria, da Cinderela, da Rapunzel, da Branca de Neve e de muitos outros que você logo se recordará.

Branca De Neve Com Seu Príncipe 

Clique na imagem acima e confira mais detalhes do produto!

Os famosos escritores alemães se inspiraram no clima enigmático e místico da Floresta Negra para usá-la como cenário de muitas de suas histórias.

Não é à toa que os enredos fantasiosos ganharam o imaginário do povo alemão e, séculos depois, foram transformados em desenhos que acompanharam a infância de pessoas ao redor do mundo pela Disney.

Clique no banner abaixo e conheça toda a nossa coleção de figuras decorativas da Disney do artista Jim Shore!

Coleção Kukos: fguras decorativas Disney - Jim Shore

2. Bolo Floresta Negra

O bolo Floresta Negra é encontrado no sudoeste da Alemanha em qualquer tradicional fazenda. Assim como os contos dos Irmãos Grimm, essa sobremesa ganhou fama internacional e diferentes versões para a sua origem.

A mais famosa, por exemplo, diz que foram os tradicionais trajes das camponesas que serviram como inspiração para os ingredientes. O chocolate faz menção aos vestidos pretos, o creme às blusas brancas e as cerejas aos bollenhut — um tipo de chapéu com bolas vermelhas.

Além disso, o doce alemão era originalmente regado por uma aguardente de cereja, uma bebida comum aos lenhadores locais. Dá água na boca só de imaginar, não é mesmo?

A história dos Relógios Cucos no Brasil

3. Relógio cuco

Mas as tradições da Floresta Negra não se resumem apenas a doces e contos de fadas: o relógio cuco, um dos mais conhecidos no mundo, também está ligado às lendas locais.

Duas dessas histórias se destacam: na primeira, a origem do modelo surgiu depois de um encontro entre dois vendedores de Furtwangen, cidade próxima à floresta. Já na outra, um artesão, Franz Anton Ketterer, construiu um relógio de madeira com um pássaro em movimento.

Não é pra menos que justamente nessa região se encontra o Museu dos Relógios (Deutsches Uhrenmuseum), que ajuda a passar a preciosa história local de geração a geração.

Dica: Leia também: Relógios Cuco Originais

Nele você encontra toda a tradição de mais de um século de fabricação de relógios (com um destaque especial aos cucos) em um acervo rico em peças exclusivas. Ao todo, são mais de 8 mil marcadores que te levam para uma verdadeira viagem no tempo.

A Floresta Negra é, sem dúvidas, uma das regiões mais especiais da Alemanha e o coração verde desse país tão plural. Por isso, vale a pena conhecer cada vez mais sobre esse lugar inigualável e todas suas tradições e costumes!

E você, gostou de saber mais sobre a região da Floresta Negra? Então deixe seu comentário e conte pra gente quais lendas locais você gostaria de ver aqui no blog!

Osterbaum: conheça a tradição da Árvore da Páscoa

Uma das datas mais importantes do calendário cristão, a Páscoa é comemorada em todo o mundo. Mas você sabia que cada país celebra a ressurreição de Cristo de um jeito diferente?

Muitas culturas vão além dos coelhinhos com seus ovos de chocolate, que têm presença garantida no Brasil. Na Alemanha, por exemplo, um dos maiores símbolos dessa data é a Osterbaum, a Árvore da Páscoa que é montada todos os anos nas casas de milhares de famílias.

Ficou curioso para saber mais sobre a Osterbaum? Então continue com a gente e confira um pouco mais sobre essa tradição alemã na Semana Santa!

A tradição da Osterbaum

A Páscoa vai se aproximando e fica cada vez mais difícil encontrar ovos nos mercados alemães.

Mas se engana quem pensa que estamos falando dos ovos de chocolate que tomam conta do comércio brasileiro nessa época do ano! Na verdade, os consumidores da Alemanha e região procuram os tradicionais ovos de galinha para montar a sua Osterbaum.

Dica: Ostereier: conheça as tradições da Páscoa na Alemanha

Como no hemisfério norte a proximidade da Páscoa coincide com o fim do inverno, algumas famílias aproveitam para decorar uma árvore mais seca do jardim. Também há quem prefira fazer a Osterbaum dentro de casa usando um vaso — o que vale é manter viva a tradição e usar a criatividade!

A montagem da Árvore da Páscoa

Hoje, já existem locais que vendem ovinhos de plástico ou mesmo a árvore montada. No entanto, parte da tradição é o processo de confeccionar todos os itens, o que remete a um trabalho artesanal e especial feito em família.

Montar uma Osterbaum não é tão difícil. Para isso, basta seguir os seguintes passos:

  • compre ou recolha galhos secos e sem folhas;
  • escolha um vaso bonito para colocar os galhos;
  • separe as cascas de ovos (os alemães costumam fazer isso, aos poucos, semanas antes do evento);
  • para retirar o conteúdo dos ovos, faça um pequeno furo na ponta com uma agulha ou prego;
  • deixe secar e lave bem as cascas; 
  • decore com tinta plástica ou de papel crepom e faça pequenos desenhos que podem ser referências à ressurreição de Cristo;
  • tampe o orifício com papel e uma fita para pendurar o ovinho na árvore. 

Cheia de significado

Além de decorativa, a Osterbaum é um reflexo do espírito da Páscoa: os galhos secos representam a tristeza pela morte de Jesus enquanto as cascas de ovos decoradas simbolizam a vida por meio da ressurreição de Cristo.

Na Alemanha, a Páscoa é um grande evento e é uma tradição que as famílias decorem suas casas para a sexta-feira da paixão e para o domingo de Páscoa.

No Brasil, também é possível encontrar a Osterbaum em algumas cidades da região sul que foram colonizadas pela Alemanha e preservam até hoje costumes do povo alemão. É o caso de Pomerode, em Santa Catarina, onde todos os anos é montada uma das maiores Árvores da Páscoa do mundo

Dica: Caça ao ninho: saiba mais sobre essa tradição de Páscoa

Mais da Páscoa pelo mundo

Assim como na Alemanha, cada país tem uma forma própria de comemorar a Semana Santa. Veja como a data é celebrada em alguns países: 

Finlândia e Suécia

Na quinta-feira santa, as crianças se vestem de bruxa ou colocam máscaras e saem pelas ruas da vizinhança com vassouras, entregando cartões de Páscoa e recebendo em troca docinhos ou dinheiro. 

França

Segundo a lenda, sinos voadores que viajam para Roma deixam cair os ovinhos de chocolate pelo caminho. Eles param de tocar na quinta-feira santa e só voltam a soar após a missa de domingo.

Coelha Marie  Coelho Joe 

Austrália

Visto como uma praga pelos australianos, os coelhos foram substituídos pelo bilby, um marsupial nativo do país e ameaçado de extinção.

Índia

A tradição é o Festival Holi, comemorado pelo povo hindu em celebração ao nascimento do deus Krishna. A festa tem grandes banquetes com as comidas típicas do país e as pessoas tocam flauta e dançam. 

Gostou de saber um pouco mais sobre a Osterbaum, a tradicional Árvore da Páscoa da Alemanha? Quer continuar acompanhando outras novidades sobre as tradições alemãs e muito mais? Siga a Kukos no Facebook e no Twitter e não perca nenhum conteúdo! 

Clique no banner abaixo e conheça nossas peças decorativas exclusivas Jim Shore – Disney!

Peças Decorativas Exclusivas Jim Shore - Disney

Caça ao ninho: saiba mais sobre essa tradição de Páscoa

Páscoa é sinônimo de casa cheia, família reunida em volta da mesa e crianças brincando pelo quintal.

Porém, sabemos que o verdadeiro significado deste feriado não está apenas na celebração da data em si, mas principalmente nos momentos de reflexão que ela nos proporciona — reforçando nossos vínculos familiares e cultivando a solidariedade e o amor ao próximo.

Quem não se lembra com carinho e emoção dos tempos de infância? A confraternização nos feriados como a Páscoa envolvia toda a família e amigos em meio a muitas interações e brincadeiras, como a tradicional caça ao ninho. Quanta nostalgia!

Dica: Ostereier: conheça as tradições da Páscoa na Alemanha

Você deseja repetir esse jogo com seus filhos e sobrinhos? Daremos um passo a passo completo de como montar a caça ao ninho perfeita. Continue nos acompanhando e saiba mais! 

Defina o formato do jogo

A brincadeira costuma ser feita em formato de pistas ou mapas, ambos como uma caça ao tesouro. O objetivo é encontrar os prêmios escondidos ao longo do caminho e, quem sabe, um grande prêmio final!

No caso da primeira opção, basta preparar os enigmas que, de um em um, vão levando aos esconderijos. Você pode elaborar as pistas conforme os hábitos da sua família.

Por exemplo: esconda algum prêmio no armário da dispensa e dê a seguinte pista: local onde a mamãe guarda os ingredientes para o lanche da escola. Não vai ter erro!

Na segunda opção, ideal para crianças maiores, elas recebem um mapa do local onde será feita a brincadeira e precisam interpretar o desenho para chegar às premiações.

Além dos desenhos com a sinalização dos prêmios, esse mapa também pode conter pistas ou personagens para auxiliar no caminho. É super divertido!

Clique no banner abaixo e confira nossa linha de personagens da Disney feitas pelo artista  Jim Shore!

Escolha os prêmios

Como estamos falando de Páscoa, nada melhor do que presentear as crianças com chocolates, não é?

Você pode escolher desde bombons e demais guloseimas a ovos de tamanhos variados — que vão ficando maiores conforme a dificuldade do enigma ou do caminho do mapa.

Outra boa dica é colocar prêmios iguais em todos os esconderijos, separando uma premiação maior, como um ovo especial, apenas para o último enigma.

Ao longo da brincadeira, você pode também utilizar o famoso recurso do “Está quente! Está morno! Está frio!” para guiar os pequenos. Certamente a brincadeira ficará ainda mais interessante. 

Decore o ambiente

Aqui vale tudo. Por isso, abuse da criatividade na sua decoração de Páscoa!

Você pode criar ovos artesanais, desenhar rastros de coelho pelo chão e espalhar cenouras pela casa — que podem ou não levar aos prêmios. Colocar alguns ovos “falsos” pelo caminho também vai garantir boas risadas!

Entregue os convites

Com a brincadeira já esquematizada, entregue aos participantes os convites da caça ao ninho na véspera do feriado, incentivando a curiosidade das crianças.

Defina com exatidão o número de participantes da caça, como filhos, primos e amigos. Pense também na quantidade ideal de prêmios, para que ninguém fique sem presente!

Para evitar esse risco, outra sugestão é definir a premiação por cores, de modo que cada criança ficaria responsável por encontrar os ovos de embalagem azul, vermelho, ou amarelo, por exemplo.

Dica: 5 curiosidades sobre a história da Oktoberfest no Brasil

Agora que você já sabe como montar a caça ao ninho perfeita, é só usar sua criatividade para escolher esconderijos estratégicos e criar os melhores enigmas para a descoberta. Desse jeito, até quem não acredita em Coelhinho da Páscoa vai querer entrar na brincadeira!

E aí, tem mais ideias para a caça ao ninho? Então conte para a gente nos comentários!

Ostereier: conheça as tradições da Páscoa na Alemanha

Antigamente, a região da atual Alemanha era habitada por povos que denominamos germânicos. Os germânicos tinham uma cultura própria, e cultivavam bastante a natureza e os deuses que representavam os elementos da vida.

Na Idade Média, com a ajuda da Igreja católica, muitos desses costumes foram incorporados ou associados a algumas tradições que conhecemos hoje, misturando componentes culturais.

Dica: Você sabe quem foram os irmãos Grimm?

Foi o que aconteceu com a Páscoa, na qual uma divindade que simbolizava a primavera foi substituída pelo famoso coelhinho. A data também foi incrementada com outros costumes interessantes, como o Ostereier, a divertida pintura de ovos.

Neste post, você vai conhecer as tradições da Páscoa na Alemanha e entender suas diferenças e semelhanças com as tradições da Páscoa comemorada aqui no Brasil. Confira!

Origem da comemoração

Segundo os irmãos GrimmOstern — que significa Páscoa — era uma deusa que representava a primavera. Essa entidade simbolizava a vitória sobre o frio e a ascensão do tempo de calor e vida nova.

A partir dessa ideia, os povos germânicos adotaram o ovo como símbolo da comemoração, visto que dentro dele estava vida que viria a surgir.

Artigos de Páscoa Kukos, clique nas imagens abaixo e confira mais detalhes!

Coelha MarieCoelho Joe 

Mudanças que ocorreram ao longo dos séculos

Com o tempo e com a chegada do cristianismo à Europa, os traços de ambas as culturas foram associados e, gradativamente, alguns elementos foram substituídos. O famoso coelhinho da Páscoa é recente e está associado à ideia de fertilidade e vida abundante.

Hoje em dia, os alemães comemoram a Páscoa como o dia da Ressurreição de Cristo, e alguns dias da semana que a precedem são considerados sagrados por eles, como no Brasil.

Dica: Conheça mais sobre as tradições trazidas pelos imigrantes alemães

A Sexta-feira Santa chama-se Karfreitag e, assim como aqui, os cristãos alemães não consomem carne vermelha em respeito ao sofrimento de Jesus Cristo. No domingo de Páscoa há um banquete especial, o Ostern Brunch, em que é servida carne assada e ovos coloridos decoram a mesa. 

O mais interessante é que o dia seguinte, o Ostermontag (a segunda-feira de Páscoa) é também feriado e a festa continua. Isso é um costume que prevalece em todas as datas comemorativas do país, como no Natal.

Tradições da Páscoa na Alemanha

Ovos coloridos e decoração da Árvore Pascal

Uma tradição bastante conhecida de Páscoa na Alemanha é a Ostereier, a pintura dos ovos de Páscoa. Esse ovos não são grandes e de chocolate como no Brasil, pelo contrário: são ovos de galinha ou de pássaros pequenos que são pintados e dados de presente a familiares, vizinhos e amigos.

No domingo de Páscoa, os ovos são postos na mesa do banquete ou usados como enfeite na hora de decorar a Árvore de Páscoa. Essa árvore é feita de galhos secos e os ovos coloridos, e representa a alegria da ressurreição de Cristo.

Dica: Saiba também como são as feiras e o Natal na Alemanha!

Uma atividade bastante interessante é a procura dos ovos coloridos, a Ostereier Suchen, bastante praticada no país. Os pais costumam esconder os ovos nas casas, jardins e parques, e pedem que seus filhos os encontrem. Os ovos, então, são comidos no decorrer na comemoração 

A famosa competição de ovos

Um dos jogos prediletos da população alemã nos tempos de Páscoa é a competição de ovos. Nela, o jogador bate seu ovo colorido no do adversário. Dependendo do impacto um dos ovos pode quebrar, e isso determinará quem é o vencedor. O perdedor, com o ovo quebrado, terá de comê-lo como parte da tradição.

A fogueira do dia de Páscoa

Outro costume bem tradicional no dia de Páscoa é a fogueira de Páscoa, chamada OsterfeuerEssa fogueira é acendida desde os tempos dos povos germânicos, e tem como função afastar energias negativas e atrair bons fluidos e sorte. Hoje ela é acendida por famílias inteiras e moradores de pequenas vilas que seguem a tradição.

As tradições da Páscoa na Alemanha podem ter mudado ao longo do tempo, mas muitas de suas raízes permanecem firmes até os dias de hoje. As pessoas ainda comemoram a vinda da primavera, mas dessa vez junto à Ressurreição de Cristo.

E você, gostou desse conteúdo? Compartilhe-o nas suas redes sociais e mostre aos seus amigos as interessantes tradições alemãs!

Como escolher seu Relógio Cuco

Um Relógio Cuco de qualidade é certamente um proveniente da Floresta Negra, na Alemanha. Pois há uma associação de fabricantes que lançou um selo de qualidade, e os que o possuem, são desenvolvidos da forma mais original possível, sendo feitos para atravessarem gerações.

Dica: Conheça a história da Kukos

Apesar de haverem modelos eletrônicos, a grande demanda ainda é pelos originais, os modelos totalmente mecânicos, que funcionam a partir da interação humana diária ou semanal.

O futuro e feliz proprietário de um Relógio Cuco precisa fazer duas escolhas básicas na hora de adquirir seu modelo: se deseja de corda diária ou semana e também se quer um exemplar musical ou não.

Sobre isso, é necessário pensar se está disposto a ter o compromisso de dar a corda diária ou semanalmente no relógio.

Se não estiver, por que não um modelo de quartzo (eletrônico)? Claro que perde-se algumas qualidades primordiais, mas mesmo se mantém o estilo.

Relógio Cuco Alemão Clássico Eletronico Relógio Cuco Alemão Chalé Eletronico 

 

Aqui na Kukos trabalhamos exclusivamente com Relógios Cuco importados da Floresta Negra na Alemanhã e possuímos desde os modelos clássicos até os modernos e também as delicadas miniaturas.

Venha nos fazer uma visita na Kukos Nova Petrópolis, na Kukos Gramado ou até mesmo em nossa loja virtual.

Clique no banner abaixo e conheça todos os nossos modelos de Relógios Cucos para você escolher!

Veja todos os nossos modelos de Relógios Cuco

 

Kukos no Youtube

No canal da Kukos no Youtube nós publicamos vídeos sobre nossos estimados Relógios Cuco, curiosidades, como eles são feitos, novidades no mercado e outros.

No Youtube, você também irá conferir a entrevista que nossa fundadora, Ingrid Deppe, deu para a RBS, contando toda sua história, do período que passou na Floresta Negra, na Alemanha, do nascimento da Kukos Nova Petrópolis, como o negócio se desenvolveu e se tornou uma referência sobre as peças no Brasil, até a abertura da loja em Gramado.

Dica: Relógios Cuco no Brasil, Gramado e Nova Petrópolis

Outra vantagem de você seguir nosso canal no Youtube, é que poderá receber também atualizações do que andamos curtindo e assim, saberá ainda mais sobre seu Relógio Cuco. Também fazemos vídeos frequentemente sobre as novidades que chegam na loja, sejam na relojoaria ou na parte de presentes.

Você pode deixar nos cometários dos vídeos sugestões e até críticas para podermos conversar e trocarmos informações. 

Caso você tenha alguma sugestão de vídeo para tirarmos dúvidas, mostrarmos o funcionamento ou curiosidades em geral, basta entrar em contato conosco que teremos o prazer e publicar o mais breve possível.

Conheça todos os nossos modelos de Relógios Cuco clicando no banner abaixo!

Veja mais Cucos

Relógios Cuco Novos e Lançamentos

Um Relógio Cuco em um novo formato ou modelo e até mesmo inovador, não significa que ele não tenha qualidade. Durante os últimos anos, novas e significativas mudanças aconteceram no processo de fabricação dessas peças e algumas se popularizaram, como os maquinários de Quartz.

Dica: Relógios Miniaturas: Chalés Temáticos Quartzo

Relógios Cuco com o maquinário de Quartz, significa que eles não são originais, mas que simplesmente, não oferecem toda experiência de ter que dar corda e obter o movimento todo a partir dos pesos. Também quer dizer que o som gerado é eletrônico e não mecânico como em sua versão original.

Outra característica ausente em novos modelos de Relógios Cuco são seus tradicionais entalhes esculpidos na madeira, o que influencia somente na estética. Se por um lado “a cara tradicional” se perde, por outro ganha-se releituras, outras infinitas possibilidades, que permitem até mesmo aquelas pessoas mais exigentes, encontrar peças que combinem com seu estilo.

Relógio Cuco Alemão Clássico Relógio cuco alemão clássico 

Clique nas imagens acima e veja mais detalhes dos relógios cuco tradicionais!

Nessas novas peças é possível encontrar uma grande variedade de estilos, mas principalmente os minimalistas, ou seja, peças que são minimamente rebuscadas, só contém o mínimo necessário para que seja um Relógio Cuco. Muitas dessas criações não utilizam o maquinário de Quartz, mas sim o tradicional, tornando-os verdadeiras peças de arte mas com o mesmo coração.

Todos os relógios disponibilizados na Kukos, sejam modelos tradicionais ou inovadores, são todos provenientes da Floresta Negra. Clique no banner abaixo e conheça todos os modelos!

Relógios Cuco